Para garantir a excelência de nossos produtos, nosso trabalho se inicia com a muda da laranjeira, que passa por processos rigorosos de cultivo e cuidados com a colheita e pós-colheita, e segue até a industrialização. O trabalho atento no campo assegura que 100% da nossa produção de Suco Concentrado Congelado de Laranja (FCOJ) e Coprodutos seja feita de matéria-prima própria. Anualmente produzimos cerca de 12 mil toneladas de suco.

Para a produção do FCOJ, contamos com uma fábrica especialmente planejada e um laboratório de análise próprio, que é responsável pelo controle de qualidade e por garantir o sabor e aroma natural da fruta. Em todos os processos investimos em boas práticas, tecnologia e treinamento de nossos colaboradores.

Outro diferencial da Agroterenas Industrial Citrus é o nosso sistema de rastreabilidade. Por meio dele monitoramos todas as etapas: carregamento, transporte e entrega das frutas. Registramos dados como nome do motorista, placa do veículo, peso, data, hora e destino da laranja. Assim obtemos informações precisas cada carga transportada da lavoura.

Esta forma de gestão, que assegura a qualidade e segurança de nossos produtos, nos conferiu cinco das principais certificações reconhecidas em nível internacional: HACCP/ APPCC, SGF/IRMA, Hallal, Kosher e FSA/SAI Platform.

Também recebemos, por quatro vezes, o prêmio de “Melhores do Agronegócio” na categoria “Frutas, Flores e Hortaliças”, concedido pela Revista Globo Rural e Editora Globo.

Juntas, essas ações nos proporcionam uma relação de transparência e confiança com nossos clientes.

 

FCOJ

Produto é obtido da extração e concentração do suco de laranjas sadias e maduras da espécie Citrus Sinesis. É isento de organismos geneticamente modificados e alérgenos, produzidos e mantidos sob os princípios HACCP (Análises de Perigos e Pontos Críticos de Controle).

 

 

Coprodutos

No processamento da laranja aproveitamos 100% da fruta. Além do suco, a partir da extração são obtidos os coprodutos que têm sua aplicação na indústria de produtos químicos, solventes, aromas, fragrâncias, tintas, resinas e cosméticos. A casca e o bagaço também podem ser usados para complementar a nutrição animal, entre outros.

 

Óleo essencial (CPOO)

O produto é obtido durante o processo de extração da fruta, momento em que as bolsas de óleo externas da casca são rompidas e com jatos de água são direcionadas para o processo de separação a frio por força centrífuga. Depois disso acontece o processo de deceramento. É utilizado em indústrias produtoras de alimentos, fármacos, cosméticos e perfumaria, como ingredientes na forma de aromas e fragrância.

 

Essências fase aquosa e fase oleosa

O produto é extraído durante o processo de concentração do suco, por meio de coluna fracionária no evaporador. A separação final das fases oleosa e aquosa ocorre por sistema de decantação e por diferença de densidade entre os produtos. A essência de fase aquosa, comercialmente conhecida como Orange Water Phase, é utilizada como ingrediente na forma de aroma em indústrias de alimentos e bebidas. A essência de fase oleosa, comercialmente conhecida como Orange Oil Phase, é utilizada em indústrias produtoras de alimentos, fármacos, cosméticos e perfumaria, como ingredientes na forma de aromas e fragrância.

 

Terpeno cítrico (D’limonene)

O produto é obtido por meio do processo de destilação do licor, que por sua vez é originário da prensagem do bagaço, casca, sementes e polpa de laranja, e conservado exclusivamente por meios físicos. É um solvente biodegradável, utilizado nas indústrias de tintas e resinas, além de ser utilizado como componente aromático nas indústrias fármaco e alimentícia. É amplamente utilizado na síntese de novos compostos.

 

Casca úmida de citros

O produto é separado durante a extração da laranja, sem adição de compostos aromáticos. É utilizado como matéria-prima para produção de pectina.

 

Bagaço úmido cítrico

É resultante do tratamento de todos os sólidos cítricos remanescentes da extração de suco. Popularmente conhecido como bagaço da laranja, é fornecido de forma in natura como complemento de nutrição animal.